Poemas

Agostinho

 

Se Deus existe e é bom,

Por que criar o mal?,

Terremotos, doenças, desentendimentos?

O homem teria de sofrer,

Escravo de um Criador atroz,

Vingativo e feroz?

 

Existiria um outro rei,

Um gauche de outra lei,

Do mal o nosso algoz?

 

Que triste a história do pecado,

Estranho legado de um paraíso inventado.

 

Se Deus o livre arbítrio concedeu,

Posso duvidar da concessão.

Se ao homem deu razão,

 

Sentimento e coração,

Escolho a direção:

Ser meu Deus, o meu senhor.

Questiono a culpa de Agostinho,

Como a minha e de meus irmãos.

Escrito por:  Nagib Anderáos Neto
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fale Comigo

nome:

Newsletter

Receba Nossas novidades


Cadastrar

Siga-me

 

Artigos e Crônicas