Poemas

Amanhã

 

Amanhã não estaremos mais.

O sol continuará brilhando.

Seremos esquecidos?

Lembraremos?

 

A úmida cova refrescará

Nossas memórias?

Seremos como antes de estar

Aqui?

 

Alguém se lembrará,

E, nesta lembrança,

Talvez nos encontremos.

Amanhã estaremos mais.

 

Fevereiro 2015

Escrito por:  Nagib Anderáos Neto
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fale Comigo

Nome:
Telefone:
E-mail:
Messagem:

Newsletter

Receba Nossas novidades


Cadastrar

Siga-me