Poemas

Teu Nome

 

Teu nome eu guardo
Em minha memória
Metafísica.

Desta vez,
Estivéramos separados;
Mas da outra,
Talvez.

Te amei em silêncio,
E teu nome
Guardei,
Como quem guarda um
Sonho,
Uma esperança.

Quem sabe em nova renascença,
Ao conversar,
As crianças que fomos,
E seremos,

Se encontrem novamente;
E naquele outro mundo
Nos amemos. 

Nagib Anderáos Neto
Setembro de 2015

Escrito por:  Nagib Anderáos Neto
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fale Comigo

nome:

Newsletter

Receba Nossas novidades


Cadastrar

Siga-me