Poemas

São Paulo

Minha querida cidade
A da garoa
Do bonde
Da alegria
Do ônibus elétrico
Da TV Tupi
Da gente chique
Andando no Anhangabaú.
Da Praça do Patriarca
Da Exposição
Da República
Da Sé
Da Don José de Barros
Do Largo Santa Cecília
Da Clipper
Da Consolação
Da Rebouças
Da Revolução de 32
Do trabalho
Do meu coração.
Da Pró Matre
Onde nasci.
Do  Hospital Oswaldo Cruz
Dona Olga
Mamãe centenária
Cuidadora dos feridos
Que vieram da guerra
Da Itália
1944.
São Paulo,
Querida cidade.
Aqui nasci.
Vi teu Quarto Centenário
Desde os Altos da Aclimação
E no Ibirapuera.
 
Agora, senhores,
Nos  olhamos.
Sou uma parte de ti.
És uma parte de mim.
 
Juntos sempre 
A nossa alegria
Lutamos
Por um Brasil
Melhor.
 
Nagib Anderaos Neto
25/01/ 2020

Escrito por:  Nagib Anderáos Neto
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fale Comigo

nome:

Newsletter

Receba Nossas novidades


Cadastrar

Siga-me

 

Artigos e Crônicas

Últimos Poemas